" />

Inchaço na gravidez: saiba como diminuir!


Cinco dicas podem te ajudar a lidar com o inchaço na gravidez


  • 22 Out, 2018
inchaço na gravidez

Foto: inchaço na gravidez

Muitas mulheres sofrem com esse desconforto. Saiba como diminuir o inchaço na gravidez, período em que esse incômodo pode ser agravado.

A retenção de líquidos na gravidez é um fato hormonal decorrente do aumento do volume de líquidos que circulam no corpo da mãe. Ou seja: inchaço na gravidez é normal. Geralmente, esse sintoma aparece com mais intensidade a partir do quarto mês da gestação, quando o aumento do útero tende a dificultar o retorno do sangue devido à compressão das veias dos membros inferiores.

Pés, tornozelos e pernas são as áreas que mais sofrem com o inchaço. Normalmente, o desconforto é comum e não oferece riscos à saúde da mãe e do bebê. Mas é importante estar atenta e em contato com o obstetra, já que, algumas vezes, o inchaço na gravidez pode indicar problemas mais sérios – exigindo intervenção médica e medicamentosa, por exemplo.

Infelizmente, não é possível evitar completamente o inchaço na gravidez. Contudo, existem formas de amenizá-lo e de administrar melhor o desconforto causado por ele. Alguns fatores externos podem agravar os sintomas, como a época do ano na qual o final da gestação é registrado. O verão, devido à alta temperatura, piora o acúmulo de líquido já que faz os vasos dilatarem. De qualquer forma, já que não é possível evitar o desconforto, separamos algumas dicas que podem amenizar os sintomas.

 Confira algumas dicas para diminuir o inchaço na gravidez:

  1. Alimentação e hidratação:

Para evitar o inchaço na gravidez, o ideal é comer bastante verduras, legumes e frutas, e evitar o consumo de alimentos com alto índice de sódio (como os industrializados). Além disso, a água é uma grande aliada!

  1. Atividades físicas:

Caminhar e fazer hidroginástica são ótimas opções para as gestantes. Além de diminuírem o inchaço, também proporcionam bem-estar.

  1. Calçados e meias elásticas:

Evite sapatos de salto alto! O melhor calçado é o confortável. Rasteirinhas, chinelos, e sapatilhas podem ser boas opções. Com relação às meias elásticas, embora não sejam escolhidas com frequência, os resultados são positivos. Em situações mais críticas, pode valer a pena a tentativa!

  1. Pés para o alto:

Ficar muito tempo de pé ou sentada, pode agravar o desconforto causado pelo inchaço na gravidez. Por isso, sempre que possível, mude de posição, faça pequenas caminhadas e coloque os pés para cima.

  1. Drenagem linfática:

Os efeitos da massagem podem trazer bastante sensação de bem-estar. A drenagem linfática é uma técnica que direciona o excesso de líquido retido pelo corpo para os gânglios linfáticos. Assim, o organismo consegue eliminá-lo mais facilmente. Contudo, atenção: o procedimento não é recomendado para qualquer gestante! Por isso, é fundamental que a mamãe converse com o seu médico antes. Normalmente, o procedimento tende a não ser indicado para mulheres que apresentam problemas de saúde voltados ao sistema linfático. Sendo assim, o aval do obstetra é essencial!