" />

Teste de Apgar: o que é e como funciona?


Entenda para que serve o teste de apgar feito em recém-nascidos


  • 11 Set, 2018
teste de apgar

Foto: teste de apgar

O Teste de Apgar é um método fácil e confiável para determinar os primeiros cuidados com o bebê. Ele serve para verificar a vitalidade do recém-nascido. Quando é realizado, segue cinco critérios de avaliação. Os critérios são os seguintes: frequência cardíaca, respiração, tônus muscular, prontidão reflexa e cor da pele. Individualmente, esses itens podem receber notas de 0 a 2, totalizando 10 pontos.

O teste de apgar é realizado no primeiro e no quinto minuto de vida da criança. Assim, é possível analisar como ocorreu a transição do bebê para fora do útero. Além disso, é possível determinar com mais estabilidade e precisão as condições da saúde do recém-nascido.

O teste no primeiro minuto dá ao médico informações para que ele decida se um tratamento imediato será necessário. Já aos cinco minutos de vida avalia como o bebê respondeu às medidas tomadas.

Os índices do Teste de Apgar

Para que sejam considerados saudáveis, acredita-se que o resultado ideal do teste de apgar esteja entre a nota 8 e a 10. Os bebês que obtiverem resultados numéricos entre 6 e 7, podem ter enfrentado uma asfixia leve e transitória. Já aqueles avaliados entre 3 e 5, devem ter sofrido uma asfixia moderada. E as notas de 0 a 3 representam gravidade.

Esses índices foram fundamentais para que técnicas de atendimento aos bebês recém-nascidos fossem desenvolvidas ao longo do tempo. Atualmente, o teste de apgar ainda é bastante utilizado nas salas de parto.

As classificações do teste de apgar permitem que os médicos presentes no parto ajam de acordo com a necessidade do bebê. Se for o caso administram oxigênio ou providenciam um suporte maior. Além disso, o teste de apgar também pode sugerir, em muitos casos, um prognóstico para a saúde da criança – indicando a necessidade de se realizar outros exames, posteriormente.