" />

ÓLEOS E HIDRATANTES NORMAIS NA GESTAÇÃO



  • 10 Jan, 2018

Muitas gestantes usam óleos, hidratantes comuns, esfoliantes e tratamentos caseiros na prevenção do aparecimento de estrias. Mas sabia que nem todos os produtos são adequados nessa fase?

Alguns hidratantes comuns contêm, em sua composição, perfumes que podem provocar enjoos e substâncias cosméticas com potencial alergênico para a grávida. Outros apresentam ureia que, em quantidade acima de 3% na composição, podem prejudicar o desenvolvimento do bebê.

Já os óleos criam uma camada protetora na pele e evitam a perda de água (desidratação), mas não têm o poder de hidratação ativa da pele e nem o de evitar estrias. Além disso, assim como os hidratantes comuns, podem causar alergias ou conter essências que provoquem enjoos.

Por fim, os esfoliantes podem causar irritação ou alergias na pele, já que trata-se de um processo de descamação superficial.

O melhor mesmo é investir em cuidados que ajudam a reduzir o risco da formação de estrias e optar por cremes desenvolvidos especificamente para a gestante, considerando as suas necessidades nesta fase da vida.