" />

Sexo do bebê: será menino ou menina?


A maioria das mamães conhece a ansiedade para descobrir o sexo do bebê


  • 19 Nov, 2018
sexo do bebê

Foto: sexo do bebê

Você descobriu que está grávida! E logo depois, pensou: qual será o sexo do bebê? Será que é menino ou menina? Calma, mamãe! Se você ainda está nas primeiras semanas vai ter que esperar mais um pouquinho para descobrir o sexo do bebê.

Antigamente, as pessoas costumavam dizer que pelo formato da barriga da mulher era possível saber. Era por meio desse formato que tentavam descobrir se o bebê seria um menino ou uma menina. Hoje, contudo, é possível preparar o enxoval com mais precisão. Isso porque existem dois exames mais comuns que revelam o sexo do bebê. O tradicional ultrassom, e o da sexagem fetal.

Na ultrassonografia, a análise é visual. Portanto, estima-se que a partir da 12ª semana seja possível visualizar o broto genital, que dará origem ao órgão sexual. Porém a partir da 16ª semana, os resultados são mais certeiros quanto ao sexo do bebê.

Já no exame de sexagem fetal, o sangue da mãe é coletado. E então, por meio de uma análise de DNA, é possível detectar a presença do cromossomo masculino (Y). Dessa forma o menino é, ou não, identificado. Este exame pode ser realizado a partir da 8ª semana da gravidez. A probabilidade de acerto é de 99%. Contudo, neste método, não há como saber o sexo dos bebês com tanta exatidão se eles forem gêmeos – exceto se forem univitelinos.

Outros métodos para saber o sexo do bebê

Algumas mamães ainda recorrem a superstições e outros métodos para saber o sexo do bebê. Entre eles a tabela chinesa e a tabela maia, por exemplo, que consideram a idade da mãe quando engravidou e o mês da concepção. Outras preferem esperar até o nascimento e saber de surpresa! De qualquer forma, o mais importante é o bem-estar e a saúde do bebê e da mamãe. Por isso, faça o pré-natal, tenha sempre acompanhamento médico e conte com Luciara® para cuidar da sua pele!